Rússia cancelará vôos para China, Hong Kong e Taiwan

Autoridades do setor de aviação da Rússia ordenaram às companhias aéreas e operadoras de carga que suspendam as reservas de vôos para a China, Hong Kong e Taiwan, devido à Síndrome Respiratória Severa Aguda (Sars). O Serviço de Aviação Civil da Rússia pediu às operadoras que se preparem para uma interrupção total de todos os vôos para a região. A assessoria de imprensa da agência disse que nenhuma passagem aérea poderá ser vendida ou contêineres de carga poderão estar em vôos para a China, Hong Kong e Taiwan. Por outro lado, aqueles que já possuem passagem ou carga já organizada para ser transferida poderão voar, disse a agência. O total cancelamento dos vôos exige a aprovação do gabinete da Rússia e de seu epidemiologista chefe, Gennady Onishchenko. A Rússia não confirmou casos de Sars, que já matou mais de 500 pessoas no mundo todo. Veja o índice de notícias sobre a pneumonia atípica

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.