Rússia começa a retirar seus cidadãos do Iraque

A agência de notícias ITAR-Tass informou, citando fontes diplomáticas no Cairo, que a Rússia começou a retirar seus cidadãos do território iraquiano. Segundo a agência, aproximadamente mil cidadãos russos estão no Iraque atualmente. O Ministério das Relações Exteriores e várias companhias com presença no Iraque não confirmaram a informação. "Retirar ou não é um prerrogativa do Ministério de Relações Exteriores", comentou o porta-voz da companhia petrolífera Lukoil, Dmitry Dolgov, que confirmou que um plano de contingência, coordenado pela embaixada russa em Bagdá, foi elaborado. Ele disse desconhecer se o plano já entrou em execução.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.