Rússia confirma queda de um avião; outro está "desaparecido"

Um avião de passageiros russo caiu ao sul de Moscou, e outro jato está desaparecido, informa a agência de notícias russa ITAR-Tass. Informes anteriores davam duas quedas como confirmadas. Não há informação de sobreviventes.Um Tupolev Tu-134, aparentemente com 42 pessoas a bordo, caiu na região de Tula, 180 km ao sul de Moscou, informa a ITAR-Tass, citando o Ministério de Situações Emergenciais. Outro Tupolev, modelo Tu-154, com 44 pessoas a bordo, desapareceu cerca de três minutos mais tarde perto de Rostov-sobre-o-Don, cerca de 900 km ao sul de Moscou, mas as autoridades dizem que não há destroços no local, segundo a agência.De acordo com um funcionário do controle de tráfego aéreo de Moscou, citado pela ITAR-Tass, as autoridades não descartam a possibilidade de terrorismo. A agência diz ainda que testemunhas viram uma explosão antes do desastre em Tula.O avião que caiu em Tula dirigia-se à cidade de Volgogrado; o aparelho desaparecido voava para a cidade de Sochi, no Mar Negro, onde o presidente Vladimir Putin passa férias.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.