Rússia cortará 100 mil empregos públicos, diz ministro

A Rússia planeja cortar 100 mil empregos públicos até 2013, numa diretriz para reduzir os custos e modernizar a inflada burocracia do país, disse o ministro de Finanças, Alexei Kudrin.

AE, Agência Estado

20 de setembro de 2010 | 17h23

"Esperamos que em três anos mais de 100 mil empregos no serviço civil federal sejam cortados", disse Kudrin, às agências de notícias. "O total de economia feita com isso, até o terceiro ano, chegará a 43 bilhões de rublos (US$ 1,04 bilhão)". As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
corteempregogovernoRússia

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.