Rússia deixará tropa em regiões da Geórgia, diz ministro

Soldados russos permanecerão por muito tempo nas regiões separatistas georgianas da Ossétia do Sul e da Abkházia, afirmou hoje o ministro das Relações Exteriores da Rússia, Serguei Lavrov. O chefe da diplomacia russa defendeu que a presença militar nas duas províncias separatistas é necessária para impedir que a Geórgia volte a tentar usar a força para recuperar o controle dessas regiões.Sem mencionar números, o chanceler russo antecipou que a Rússia formalizará a presença de suas tropas por intermédio da assinatura de acordos com os governos autônomos das duas regiões. A Abkházia e a Ossétia do Sul romperam com a Geórgia em meio à dissolução da União Soviética e declararam independência de Tbilisi no início da década passada. Em agosto último, Rússia e Geórgia travaram uma breve guerra depois de forças georgianas terem lançado uma ofensiva militar contra a Ossétia do Sul.

AE-AP, Agencia Estado

09 de setembro de 2008 | 10h26

Tudo o que sabemos sobre:
RússiaGeórgia

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.