Rússia descarta 'ações estúpidas' em relação à Ucrânia

O ministro das Relações Exteriores da Rússia, Sergei Lavrov, descartou a possibilidade de seu país empreender "ações estúpidas" em resposta às pressões de Estados Unidos e União Europeia (UE) em relação à Ucrânia. Na avaliação do chanceler russo, são as ações do Ocidente que "carecem totalmente de sentido".

AE, Agência Estado

30 de abril de 2014 | 17h13

"Nós não vamos incorrer em nenhuma ação estúpida. Nós queremos dar aos nossos parceiros a possibilidade de se acalmarem", prosseguiu Lavrov durante visita a Santiago. Ele deixou em aberto, porém, a possibilidade de mudança de posição "caso as ações do Ocidente continuem, caso a engrenagem econômica seja usada".

Lavrov fez os comentários depois de reunir-se com o ministro das Relações Exteriores do Chile, Heraldo Muñoz, em meio a um giro pela América Latina. Fonte: Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
RússiaUcrâniaLavrov

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.