Rússia deve pedir posicionamento da ONU sobre conflitos na Ucrânia

A Rússia distribuiu um projeto, que deve ser apresentado em reunião do Conselho de Segurança das Nações Unidas, apoiando o cessar-fogo na Ucrânia e pedindo que todas as partes envolvidas cumpram o acordo, informou uma agência de notícias. O Conselho deve se reunir no domingo, a fim de decidir qual será o posicionamento da ONU após a trégua, que passa a valer a partir da zero hora de domingo (horário local, 19h de sábado em Brasília).

Estadão Conteúdo

14 de fevereiro de 2015 | 08h13

O projeto da Rússia expressa "séria preocupação sobre os eventos trágicos" que aconteceram na região, e aponta que a solução para o conflito seria possível "exclusivamente" de forma pacífica.

Durante o último ano, os Estados Unidos e outros membros do Conselho de Segurança da ONU acusaram a Rússia de apoiar separatistas na Ucrânia, mas a possibilidade de um veto russo impediu que o grupo agisse no conflito.

Na quinta-feira, líderes da Rússia, Ucrânia, Alemanha e França fecharam um acordo de cessar-fogo, que entra em vigor no primeiro minuto de domingo. Fonte: Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
RússiaONUUcrânia

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.