Rússia: Diretor do balé Bolshoi é demitido

O diretor-geral do Teatro Bolshoi, Anatoly Iksanov, foi demitido nesta terça-feira pelo Ministério da Cultura da Rússia, meses depois de um ataque com ácido contra o diretor artístico do renomado balé russo.

AE, Agência Estado

09 de julho de 2013 | 04h48

Iksanov será substituído por Vladimir Urin, anunciou o ministro da Cultura da Rússia, Vladimir Medinsky.

Em janeiro, um agressor lançou uma substância ácida no rosto de Sergei Filin, diretor artístico do Bolshoi, no mais recente escândalo envolvendo o balé.

Além desse incidente, Iksanov tem um histórico de desentendimento com os bailarinos do Bolshoi, entre eles o principal dançarino da trupe, Nikolai Tsiskaridze.

Tsiskaridze chegou a acusar o diretor-geral de má gestão na reforma do teatro - orçada em US$ 1 bilhão -, de arruinar o repertório do balé e de abusar dos direitos dos bailarinos. Iksanov nega as acusações e acusa Tsiskaridze de ambicionar o posto.

Apesar de deixar a direção geral do Bolshoi, Iksanov assumirá um cargo de assessoria no Ministério da Cultura, anunciou Medinsky. Fonte: Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
RússiaBolshoibalé

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.