Rússia discute expandir relações com a América Latina

O presidente da Rússia, Vladimir Putin, se encontrou hoje com os principais membros da defesa e da segurança para discutir como expandir as relações com países da América Latina em meio a tensões na Ucrânia. Navios da Marinha da Rússia e bombardeiros de longa distância já visitaram Venezuela e Cuba como parte dos esforços para mostrar a presença global da Rússia.

AE, Agência Estado

13 de março de 2014 | 23h37

O Ministro da Defesa russo, Sergei Shoigu, disse que o Exército quer expandir a presença mundial ao conseguir permissões para que os navios da Marinha utilizem os portos na América Latina e em outros locais. Entre os países, ele mencionou Nicarágua, Venezuela e Cuba. O ministro também afirmou que a Rússia está negociando com alguns desses países para permitir que os bombardeiros utilizem suas bases para reabastecer. Fonte: Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
Rússiaamérica latina

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.