Rússia dispara mísseis de cruzeiro em alvos do Estado Islâmico na Síria

Projéteis foram lançados de três embarcações militares que estavam no Mar Mediterrâneo

O Estado de S.Paulo

23 de junho de 2017 | 03h45

MOSCOU - A Rússia atacou com seis mísseis de cruzeiro alvos do Estado Islâmico (EI) no território da Síria, informou nesta sexta-feira, 23, o Ministério da Defesa do país euroasiático. 

Os mísseis foram disparados do Mar Mediterrâneo pelas embarcações "Admiral Essen", "Admiral Grigorovich" e pelo submarino "Krasnodar", que efetuou o lançamento estando imerso, afirmou o comunicado. 

O ministério destacou que todos os foguetes atingiram os alvos - eram arsenais do EI na província de Hama. Posteriormente, aviões das Forças Armadas Russas bombardearam restos de instalações jihadistas. . 

"Os altos funcionários de Turquia e Israel foram informados oportunamente", disse o ministério. 

Na última segunda, depois que um caça F18E Super Hornet dos EUA derrubou um avião sírio SU-22, Moscou cessou a cooperação com os Estados Unidos para evitar acidentes no espaço aéreo de Síria. Moscou suspendeu um canal de comunicação com Washington que tinha como objetivo evitar incidentes entre os dois países, que combatem distintos grupos radicais na Síria.

De acordo com os militares americanos, o jato sírio foi derrubado depois de bombardear posições de grupos apoiados pelos Estados Unidos que combatiam tropas do Estado Islâmico. Foi a primeira vez, desde o início da guerra civil, que um caça sírio foi derrubado por forças americanas. / EFE

Tudo o que sabemos sobre:
RússiaEstado IslâmicoSíria

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.