Rússia diz querer manter contato com países do G-8

A Rússia ainda não recebeu qualquer notificação de seus parceiros do G-8 sobre o cancelamento de reuniões agendadas previamente, disse o porta-voz do Kremlin Dmitry Peskov nesta terça-feira, segundo a agência de notícias Interfax.

AE, Agência Estado

25 de março de 2014 | 11h49

Peskov afirmou que Moscou não tinha informações sobre o interesse de seus parceiros em adiar ou cancelar contatos com a Rússia. Ele afirmou que a Rússia ainda está interessada em dar continuidade aos contatos com seus parceiros do G-8, inclusive em reuniões de autoridades.

Na segunda-feira, os líderes do G-7 afirmaram ter decidido oficialmente cancelar uma reunião de cúpula do G-8 que ocorreria na cidade de Sochi, no sul da Rússia, e realizar em Bruxelas o compromisso, que estava marcado para junho.

O primeiro-ministro do Canadá, Stephen Harper, também criticou os esforços de Moscou de minimizar o significado da decisão do G-7 de remover a Rússia do G-8. Mais cedo, o chanceler russo, Sergei Lavrov, havia dito que, se o Ocidente decidiu encerrar o G-8, que "assim seja". Fonte: Dow Jones Newswires.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.