Rússia e Arábia Saudita fazem acordo contra terrorismo

Funcionários russos e sauditas chegaram a um acordo para coordenar ações de combate ao terrorismo. O pacto se deu durante a visita do príncipe herdeiro saudita Abdullah à Rússia. Em mais de 70 anos, nenhuma alta autoridade do governo da Arábia Saudita tinha visitado Moscou. Nos últimos anos, os russos acusaram entidades beneficentes sauditas de apoiarem os rebeldes muçulmanos separatistas da Chechênia. O Kremlin sustenta ainda que terroristas chechenos que tomaram um teatro em Moscou no ano passado fizeram ligações para a Arábia Saudita durante o seqüestro.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.