Rússia e China vão assinar novo tratado

A Rússia e a China planejam assinar um novo tratado de amizade durante uma visita a Moscou do presidente chinês, Jiang Zemin, que deverá se realizar em julho. Este é o mais recente sinal do fortalecimento de laços entre os dois antigos rivais. O tratado irá refletir "as relações de parceria e cooperação estratégia" desenvolvidas pela Rússia e a China após o colapso da União Soviética, afirmou a repórteres o vice-primeiro-ministro Alexander Losyukov. O texto do tratado já foi praticamente aprovado, segundo Losyukov.As relações entre os antigos rivais pelo domínio no mundo comunista melhoraram dramaticamente nos últimos anos, com a China tornando-se o comprador número um da indústria de defesa da Rússia. Pequim tem adquirido bilhões de dólares em aviões, mísseis, submarinos e detróieres.Os dois países se opõem decisivamente a planos dos EUA de desenvolver defesas contra mísseis balísticos, e são contrários ao que chamam de um mundo "unipolar", que refletiria um suposto domínio americano das questões globais.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.