Rússia é contra ação dos EUA no Iraque

Em uma entrevista publicada nesta segunda-feira pelo diário britânico Financial Times, o presidente da Rússia, Vladimir Putin, disse esperar que os EUA consultem seu país antes de levarem a "guerra ao terrorismo" além do Afeganistão. Putin afirmou que a prioridade deve ser o bloqueio do financiamento ao terror e advertiu contra o lançamento de uma operação militar contra o Iraque.O porta-voz do Conselho de Segurança Nacional dos EUA, Sean McCornack, declarou que o país vai continuar consultando a Rússia e outras nações sobre o esforço antiterrorismo, mas pode agir sozinho, "se for necessário".Com a guerra no Afeganistão prestes a terminar, aumentam em Washington os rumores de que o governo prepara uma operação contra Estados acusados de apoiar o terrorismo, como Iraque e Somália.O jornalista Seymour Hersh, da revista New Yorker, publicou um artigo esta semana sobre um plano de ataque ao território iraquiano encaminhado ao Pentágono por grupos de oposição ao ditador Saddam Hussein. Segundo Hersh, o Irã estaria disposto a permitir que tropas oposicionsitas passem por seu território.Leia o especial

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.