Rússia e EUA concordam com nova resolução sobre Irã

Rússia e os Estados Unidos chegaram a um acordo para buscar uma nova resolução sobre o Irã, afirmou hoje o embaixador britânico na Organização das Nações Unidas (ONU), John Sawers. Após a reunião, o ministro de Relações Exteriores britânico, David Miliband, afirmou que a nova resolução será enviada ao Conselho de Segurança na próxima sexta-feira. Segundo diplomatas ocidentais, o texto reafirmaria as três rodadas anteriores de sanção, deixaria claro que esse processo não se encerrou e que é necessária a cooperação de Teerã. Os Estados Unidos, a Grã-Bretanha e a França têm pressionado por novas sanções. O Irã se recusa a suspender o enriquecimento de urânio, processo que pode levar à construção de armas atômicas. O governo iraniano argumenta que seu programa nuclear tem apenas fins pacíficos. A Rússia e a China têm se oposto às novas restrições. A nova resolução aparentemente não traz novas sanções, mas sim um duro comunicado ao Irã. "Não houve discussão sobre sanções", afirmou o embaixador russo na ONU, Vitaly Churkin.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.