Rússia e EUA fazem alerta ao Irã e à Coréia do Norte

Os presidentes dos Estados Unidos, George W. Bush, e da Rússia, Vladimir Putin, pediram que o Irã e a Coréia do Norte suspendam seus supostos programas de armas atômicas. Os líderes, lado a lado numa entrevista coletiva, também disseram estar ansiosos para construir um Iraque livre e democrático, a despeito de suas divergências sobre a invasão do país pelos Estados Unidos. Putin disse que a Rússia só decidirá se envia tropas ao Iraque depois que uma nova resolução for aprovada na ONU.Bush, falando sobre o Irã, disse: ?Compartilhamos de um objetivo, que é ter certeza de que o Irã não possui armas nucleares ou um programa de armas nucleares?. EUA e Rússia ?também compreendem que precisamos trabalhar juntos para convencer o Irã a abandonar quaisquer ambições? nesse sentido. Putin afirmou que seu país e os Estados Unidos querem enviar um sinal ?claro, porém respeitoso? ao Irã para que coopere mais com a agência da ONU que supervisiona a não-proliferação de armas atômicas.Referindo-se tanto ao Irã quanto à Coréia do Norte, Bush disse: ?Fazemos uma pelo firme à Coréia do Norte para que encerre seus programas nucleares de modo completo, verificável e irreversível. Fazemos uma pelo firme ao Irã para que cumpra na íntegra suas obrigações sob tratado de não-proliferação nuclear?.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.