Rússia e França têm alternativas sobre Iraque

Num movimento inesperado, a Rússia e a França apresentaram propostas que minimizam a resolução dos EUA sobre o Iraque, excluindo o uso da força contra Bagdá e limitando as inspeções nas instalação do palácio do presidente Saddam Hussein. Rússia e França têm forte oposição a elementos da resolução proposta pelos EUA e em seis semanas de negociações não conseguiram contornar as divergências. O texto da Rússia aparentemente é a oposição mais declarada à resolução dos EUA, enquanto diplomatas próximos à negociação disseram que o texto da França é uma ponte entre a resolução dos EUA e da Rússia, num esforço para alcançar um consenso dentro do Conselho de Segurança. A disputa dos textos levou os membros do Conselho de Segurança a marcarem uma nova rodada de negociações que começa hoje.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.