Rússia encontra prova ligando separatistas a Bin Laden

O Serviço Federal de Segurança da Rússia informou hoje ter encontrado um disquete de computador durante uma blitz na Chechênia com instruções de vôos de aparelhos da Boeing - os aviões usados nos ataques terroristas da semana passada nos Estados Unidos.O porta-voz do serviço, Alexander Zdanovich, afirmou ao canal estatal de televisão RTR que o disquete foi encontrado junto a armas e equipamentos de comunicação em um esconderijo na região de Kurchaloi, ao sul da Chechênia. Segundo ele, o disquete contém "uma descrição técnica e instruções de vôos do Boeing 737".Zdanovich não informou quando, como, nem exatamente onde a blitz foi realizada. Ele afirmou, no entanto, que o material encontrado pertence a um grupo que "manteve contato" com o suposto terrorista de origem saudita Osama bin Laden, acusado pelos EUA de envolvimento nos ataques de terça-feira passada.A Rússia insiste que está combatendo o terrorismo internacional em sua luta na Chechênia e tem expressado esperança de que os ataques em Nova York e Washington atraiam simpatia para sua ação na república separatista. Desde o início do conflito, os Estados Unidos e a Europa vêm criticando Moscou por suas táticas de linha-dura na Chechênia.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.