Rússia enviou 45 mil soldados à fronteira, diz ucraniano

O porta-voz do Exército ucraniano, Andrily Lysenko, afirmou nesta terça-feira que cerca de 45 mil soldados russos equipados com 160 tanques e 1300 veículos armados estão estacionados ao longo da fronteira com a Ucrânia. De acordo com o ministro, 192 aviões militares e 134 helicópteros de ataque sobrevoam a região.

Estadão Conteúdo

05 de agosto de 2014 | 15h45

Já a Organização do Tratado do Atlântico Norte (OTAN) estima que quase 20 mil soldados estejam na região fronteiriça entre os dois países, quase metade do informado pelo ministro ucraniano.

A Rússia aumentou a presença de suas tropas na fronteira com a Ucrânia no começo deste ano, mas recuou em maio. Tanto os ucranianos como os Estados Unidos insistiam que os russos estavam gradualmente aumentando sua presença na fronteira, mas o governo do presidente Vladimir Putin negava as acusações.

O conflito no leste da Ucrânia forçou mais de 285 mil pessoas a fugirem de suas casas, afirmou a ONU nesta terça-feira. A Agência das Nações Unidas para Refugiados informou que mais de 117 mil ucranianos se mudaram para outras regiões dentro do próprio país, enquanto outros 168 mil pessoas fugiram para a Rússia. Fonte: Associated Press

Tudo o que sabemos sobre:
Ucrâniaviolênciatropas

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.