Rússia está pronta para cooperar com OSCE na Geórgia

O governo russo confirmou que está pronto para cooperar com a Organização para Segurança e Cooperação da Europa (OSCE) no monitoramento de uma zona de segurança próxima à província separatista da Ossétia do Sul, na Geórgia, palco de um conflito armado entre Rússia e Geórgia neste mês. No entanto, o presidente russo, Dmitry Medvedev, não discutiu na conversa telefônica que teve hoje com o presidente francês, Nicolas Sarkozy, planos para substituir suas tropas no local por monitores da OSCE, segundo um porta-voz do Kremlin. Sarkozy afirmou mais cedo que os dois presidentes haviam concordado na necessidade de um "mecanismo internacional sob a tutela da OSCE para substituir as patrulhas russas próximas à zona de segurança da Ossétia". A OSCE informou ontem que o primeiro grupo de 20 monitores começaria a chegar à Geórgia neste fim de semana, para acompanhar o cumprimento do acordo de cessar-fogo assinado entre Moscou e Tbilisi. As informações são da Dow Jones.

DANIELLE CHAVES, Agencia Estado

23 de agosto de 2008 | 17h28

Tudo o que sabemos sobre:
GeórgiaRússiaOSCE

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.