Rússia estima que orçamento de 2011 será equilibrado

O Ministério das Finanças da Rússia reduziu as projeções para o déficit orçamentário para os próximos anos e vê orçamentos equilibrados em 2011 e em 2015, disse o ministro Alexei Kudrin, neste sábado, acrescentando que espera aceleração das reformas institucionais depois das eleições presidenciais de 2012.

NALU FERNANDES, Agência Estado

10 Setembro 2011 | 14h35

Kudrin também disse que, em face a um orçamento equilibrado, a Rússia irá precisar tomar uma quantia menor de empréstimo em 2011, estimados em 1,4 trilhão de rublos ante 1,7 trilhão de rublos (US$ 46,9 bilhões) previstos anteriormente. A Rússia não planeja tomar recursos nos mercados internacionais neste ano.

Kudrin considera que as receitas mais elevadas derivadas de petróleo e da parte da economia não relacionada à energia ajudarão o país a ter déficit orçamentário zero neste ano. O ministério esperava que o déficit orçamentário fosse de 1,3% do PIB em julho. As estimativas do ministro indicam déficit orçamentário de 1,5% do PIB em 2012, 1,6% do PIB em 2013, 0,7% do PIB em 2014 e zero novamente em 2015. As informações são da Dow Jones.

Mais conteúdo sobre:
Rússiaorçamentodéficit

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.