Rússia expressa preocupação com sistema antimísseis

A Rússia manifestou preocupação nesta terça-feira a respeito do sistema de defesa antimísseis dos Estados Unidos e disse que precisa de "garantias sólidas e legais" de que as instalações norte-americanas não mudarão o balanço regional do poder nuclear no Leste Europeu. As declarações foram feitas pelo chanceler russo Sergei Lavrov. Os EUA montam atualmente o sistema na Romênia e na Turquia, com o objetivo declarado de conter uma suposta ameaça nuclear do Irã.

AE, Agência Estado

27 de setembro de 2011 | 15h28

Lavrov disse na Assembleia Geral da Organização das Nações Unidas (ONU) que a comunidade internacional precisa apoiar a retomada dos esforços diplomáticos para reduzir as tensões a respeito dos programas nucleares do Irã e da Coreia do Norte. "Nós pedimos a todos os nossos parceiros que enfrentem essas tarefas com total responsabilidade", disse Lavrov.

As informações são da Associated Press.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.