Rússia homenageia mortos por enchentes no sul do país

Cerca de 170 pessoas perderam a vida em consequência das fortes chuvas no fim de semana.

BBC Brasil, BBC

09 de julho de 2012 | 10h21

A Rússia realiza nesta segunda-feira um memorial para as cerca de 170 pessoas que foram mortas nas enchentes que atingiram a região de Krasnodar, no sul do país, durante o fim de semana.

As enchentes-relâmpago que atingiram a região causaram um desastre sem precedentes no país..

A força das chuvas destruiu calçadas e semáforos. Casas foram inundadas e milhares de pessoas estão sem eletricidade e morando em abrigos.

Muitos morreram eletrocutados ou foram surpreendidos pelas águas enquanto dormiam.

O presidente russo Vladimir Putin visitou Krymsk e exigiu uma investigação sobre as acusações de que as autoridades podiam ter evitado a perda de vidas.

Putin já tinha sido criticado pela resposta do governo em desastres naturais anteriores. BBC Brasil - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização por escrito da BBC.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.