Rússia lamenta possível programa nuclear de Pyongyang

Moscou espera que "Pyongyang avalie novamente as consequências negativas da decisão", afirma porta-voz

Efe

14 de abril de 2009 | 04h55

O Ministério de Assuntos Exteriores da Rússia lamentou nesta terça-feira, 14, a ameaça da Coreia do Norte de retomar seu programa nuclear, embora tenha ressaltado que ainda não recebeu um comunicado oficial a respeito.

 

Veja também:

linkCoreia do Norte ameaça reforçar poder nuclear

linkWashington e Seul aplaudem condenação à Coreia do Norte

linkJapão apoia condenação da ONU à Coreia do Norte

linkONU condena unanimamente Coreia do Norte e pede sanções

linkGilles Lapouge: Coreia do Norte põe em risco sonho de Obama

video Roberto Godoy analisa a tensão entre Coreia e EUA

lista Conheça o arsenal de mísseis norte-coreano

 

"O Ministério de Assuntos Exteriores ainda não tem informação sobre a decisão da Coreia do Norte, mas se as notícias correspondem à realidade, é lamentável", afirmou um porta-voz da Chancelaria russa, citado pela agência de notícias local Interfax.

 

Segundo o porta-voz, Moscou espera que "Pyongyang avalie novamente as consequências negativas da decisão".

 

A Coreia do Norte ameaçou reforçar seu "poder dissuasivo nuclear" após a condenação do Conselho de Segurança da ONU a seu lançamento de foguete de longo alcance, segundo informou a agência oficial de notícias local KCNA.

Tudo o que sabemos sobre:
MoscouPyongyangprograma nuclear

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.