Rússia lembra dez anos de acidente do submarino Kursk

Os navios da Marinha da Rússia estão com suas bandeiras a meio mastro, e cerimônias em memória dos mortos no naufrágio do submarino nuclear Kursk são realizadas em todo o país para lembrar os dez anos do acidente.

AE-AP, Agência Estado

12 de agosto de 2010 | 15h21

O Kursk, um dos submarinos mais avançados da Rússia, sofreu duas grandes explosões e afundou durante manobras navais no Mar de Barents, no dia 12 de agosto de 2000, matando todos os 118 tripulantes. Os corpos foram recuperados quando os destroços do submarino foram recuperados, em 2001.

Promotores disseram que a catástrofe ocorreu por causa do vazamento de um propelente explosivo de um torpedo com defeito. Cerimônias de homenagem foram realizadas hoje em Vidyayevo, a base do Kursk, e em outras bases e cidades russas.

Tudo o que sabemos sobre:
acidentesubmarinoKursk

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.