Rússia mantém apoio à Síria

Com o apoio das monarquias do Golfo Pérsico, os Estados Unidos e seus aliados europeus tentarão aprovar um plano para a transição de poder na Síria por meio do Conselho de Segurança da ONU. A Rússia, no entanto, ameaça usar seu poder de veto mais uma vez para impedir uma resolução contra o regime de Bashar Assad. Moscou defende que a ação armada da oposição a Assad também seja censurada.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.