Rússia: ONU deve acabar inspeção antes de ação na Síria

A Rússia disse que é prematuro estudar qualquer reação do Conselho de Segurança da Organização das Nações Unidas (ONU) antes que a equipe do organismo que está inspecionando o suposto ataque químico na Síria revele os resultados das avaliações.

Agência Estado

28 Agosto 2013 | 09h48

"A discussão sobre algum tipo de reação do Conselho de Segurança antes que os inspetores que trabalham na Síria publiquem seu relatório é no mínimo prematura", disse o primeiro vice-ministro das Relações Exteriores, Vladimir Titov, à agência de notícias Interfax. Fonte: Dow Jones Newswires.

Mais conteúdo sobre:
SíriaArmas QuímicasONURússia

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.