Rússia paga US$ 170 milhões ao Clube de Paris

O governo russo deu ordens para que o Vnesheconombank, agente responsável pelo pagamento da dívida do país, transfira US$ 170 milhões para os credores do Clube de Paris. Cerca de US$ 41,5 milhões do total dessa transferência referem-se a dívidas com vencimento em março, enquanto US$ 128,5 milhões são relativos à metade do pagamento que o país deveria ter feito em janeiro. De acordo com uma autoridade do governo russo, o valor remanescente das obrigações de janeiro será pago em abril.A Rússia não cumpriu vários pagamentos ao Clube de Paris no início do ano, em uma frustrada tentativa de conseguir a reestruturação de pagamentos que vencerão entre 2001 e 2003. Liderados pela Alemanha e pelos Estados Unidos, os credores rejeitaram as propostas russas e exigiram o pagamento total dos débitos e no cronograma previamente acertado. Em razão dessa oposição, o governo russo reconsiderou sua estratégia e retomou seus pagamentos. De uma dívida total soberana de US$ 48,3 bilhões, a Rússia tem de pagar US$ 5,9 bilhões neste ano.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.