Rússia pede diálogo entre Israel e Palestina

O governo da Rússia pediu nesta quarta-feira ao presidente da Autoridade Palestina, Yasser Arafat, que reprima todos os grupos terroristas que operam em seu território. Moscou também pediu a Israel que encerre a política de isolar Arafat e retome o diálogo político com os representantes do povo palestino. "O conflito entre israelenses e palestinos escalou a um nível sem precedentes", comentou Alexander Yakovenko, porta-voz da chancelaria russa, por meio de um comunicado escrito. "Se nenhuma medida urgente for adotada para amenizar a tensão a situação poderá sair de controle."

Agencia Estado,

23 Janeiro 2002 | 16h22

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.