Rússia pede embargo de armas contra Geórgia na ONU

O embaixador da Rússia na Organização das Nações Unidas (ONU), Vitaly Churkin, disse hoje que submeteu ao Conselho de Segurança (CS) um rascunho de resolução que pede um embargo à venda de armas para o governo da Geórgia. "É do interesse de todos que exista um embargo de armas contra a Geórgia", afirmou o embaixador russo, reconhecendo que alguns integrantes do CS, entre eles os Estados Unidos, irão se opor à medida.Hoje, forças russas deixaram uma posição próxima da fronteira com a Abkházia, região separatista georgiana, segundo o presidente do Conselho de Segurança Nacional da Geórgia, Alexander Lomaia. Trata-se do primeiro sinal de que o Exército da Rússia está recuando às posições anteriores ao conflito travado com o país vizinho no mês passado.A Abkházia e a Ossétia do Sul romperam com a Geórgia em meio à dissolução da União Soviética e declararam independência no início da década passada. Em agosto, Rússia e a Geórgia travaram uma breve guerra depois de forças georgianas terem lançado uma ofensiva militar contra a Ossétia do Sul.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.