Rússia pede que ONU avalie outros locais na Síria

O Ministério de Relações Exteriores da Rússia pediu à Organização das Nações Unidas (ONU) que continue sua inspeção de lugares onde armas químicas podem ter sido utilizadas na Síria.

AE, Agência Estado

29 de agosto de 2013 | 12h14

O secretário-geral da ONU, Ban Ki-Moon, disse nesta quinta-feira que a equipe da organização vai completar sua inspeção na sexta-feira e deixar a Síria no sábado. Mas o porta-voz do Ministério de Relações Exteriores russo, Alexander Lukashevich, disse em um comunicado que a equipe da ONU deveria inspecionar outros três locais, incluindo um subúrbio de Aleppo, onde o governo sírio alega que rebeldes utilizaram gás venenoso.

O presidente dos EUA, Barack Obama, já afirmou que está claro que o regime sírio está por trás do ataque com armas químicas aos subúrbios de Damasco em 21 de agosto, que matou centenas de pessoas. Não se sabe ainda se as forças ocidentais vão esperar pela avaliação dos especialistas da ONU antes de um possível ataque militar à Síria. Fonte: Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
RússiaONUSíria

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.