Rússia pode aceitar nova resolução sobre Iraque

O governo russo indicou nesta quarta-feira que pode apoiar uma nova resolução do Conselho de Segurança (CS) da ONU para o Iraque, se os inspetores de armas da organização considerarem necessário.É primeira vez que o país se mostra disposto a endossar uma nova medida do CS, pois até então vinha insistindo em que as determinações existentes eram suficientes. Não ficou claro que tipo de texto a Rússia estaria disposta a avalizar."Se uma resolução extra for requerida para o trabalho efetivo dos inspetores, nós, certamente, estamos prontos para levá-la em consideração", afirmou o chanceler Igor Ivanov, um dia depois de o Iraque e o chefe dos inspetores da ONU, Hans Blix, terem chegado a um acordo para a retomada das verificações em meados do mês.Blix vai expor nesta quinta-feira ao CS o acordo com os iraquianos. Rússia, China, França, Grã-Bretanha e EUA, membros permanentes do CS, têm direito de veto.Ivanov referiu-se a uma resolução sobre "os procedimentos dos inspetores" - e não mencionou ameaças para o caso de o país não cumprir suas obrigações, como querem britânicos e americanos. França e Rússia se têm oposto à aprovação de um texto que autorize o uso da força contra o regime iraquiano.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.