Efe
Efe

Rússia pode atender possível solicitação de asilo de Snowden

Porta-voz do Kremlin afirmou que Moscou vai estudar 'a evolução dos fatos' caso um pedido seja feito

O Estado de S. Paulo,

11 de junho de 2013 | 12h41

MOSCOU - A Rússia pode estudar uma solicitação de asilo do ex-técnico da CIA Edward Snowden, responsável pelo vazamento de dois programas secretos do governo dos Estados Unidos para monitorar ligações telefônicas e digitais de milhões de americanos.

"Atuaremos de acordo com a evolução dos fatos. Se tal solicitação for encaminhada, teremos que estudá-la", afirmou Dmitri Peskov, porta-voz do Kremlin, em declarações publicadas nesta terça-feira, 11, pelo jornal local Kommersant. Snowden assumiu ser o responsável por divulgar à imprensa os arquivos sigilosos sobre a vigilância de usuários realizada pela Agência Nacional de Inteligência (NSA), cujo objetivo declarado era identificar suspeitos de terrorismo e garantir a segurança nacional na área de telecomunicações.

Questionado sobre o asilo político, Robert Shleguel, integrante do comitê de política informativa da Duma (Câmara dos Deputados), disse ao Kommersant que "seria uma boa ideia".

O chefe do comitê de Assuntos Internacionais da Duma, Alexei Pushkov, assegurou que, "ao escutar as ligações telefônicas e rastrear internet, os serviços secretos dos EUA violaram suas próprias leis". "Snowden, da mesma forma que Assange (fundador do WikiLeaks), é um defensor dos direitos humanos", acrescentou.

Pushkov disse estar convencido que, se a Rússia decidir conceder asilo a Snowden, "os EUA ficarão histéricos", porque "só eles se acham nesse direito". "Ao prometer asilo a Snowden, Moscou assume sua política de defesa aos perseguidos por motivos políticos."

O Departamento de Justiça dos EUA iniciou uma investigação sobre o ex-técnico da CIA, de 29 anos. Se ele for acusado pela divulgação de dados sigilosos, sua extradição pode ser requisitada a Hong Kong, já que existe um tratado bilateral a esse respeito./ EFE

 
Tudo o que sabemos sobre:
RússiaEUAEdward Snowden

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.