Rússia pode receber novo "stand-by" do FMI

As negociações entre o FMI e o governo da Rússia estão progredindo em direção de um novo acordo de crédito "stand-by", informou o diretor de relações externas do Fundo, Thomas Dawson. Segundo ele, embora as negociações com autoridades de Moscou estejam sendo construtivas, a missão do Fundo, que está visitando o país nesta semana, não vai prolongar sua estada. "A missão fez bons progressos na discussão de políticas macroeconômicas e as metas para 2001. O debate continua nas questões estruturais em áreas de interesse do FMI: fiscal, bancos, falta de pagamentos e governabilidade", disse Dawson.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.