Rússia precisa elevar gasto público, diz vice-ministro

A Rússia precisa aumentar os gastos públicos e relaxar sua rígida política fiscal para superar a estagnação econômica, impulsionar investimentos e conter a fuga de capital, disse hoje o vice-ministro de Economia do país, Andrey Klepach.

AE, Agência Estado

08 de abril de 2014 | 17h53

Ele criticou e chamou de desnecessária a regra fiscal que limita gastos e visa cortar o déficit orçamentário. Segundo Klepach, na forma atual, a regra prejudica o investimento necessário na economia.

Segundo ele, o Ministério de Economia vai propor aumentar os gastos orçamentários em 0,5% do Produto Interno Bruto (PIB) a partir do próximo ano. Ele afirmou ainda que o Ministério de Finanças, que defende a rígida política fiscal, deve se opor à proposta, mas que depende do governo escolher "qual caminho seguir".

O Ministério de Economia cortou a previsão de crescimento econômico este ano para 0,5%, de 2,5% previsto em dezembro. Fonte: Dow Jones Newswires.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.