Rússia preocupa-se com programa norte-coreano

Ochanceler russo, Sergei Lavrov, disse ontem a seu colega norte-coreano, Pak Ui-chun, que o Kremlin está preocupado com os esforços de Pyongyang para enriquecer urânio. Lavrov também condenou o recente ataque da Coreia do Norte contra uma ilha sul-coreana, durante encontro entre os dois chanceleres em Moscou. O ministro russo pediu a Pyongyang que se submeta ao compromisso de 2005 sobre o fim de seu programa nuclear, segundo um comunicado do Ministério das Relações Exteriores da Rússia.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.