Rússia pretende expandir presença no Ártico

O presidente da Rússia, Vladimir Putin, anunciou hoje planos de expandir a presença do país no Ártico e de reabrir uma base militar na região. Putin argumentou que a região do Ártico é essencial para a economia e para a segurança russas.

AE, Agência Estado

03 de outubro de 2013 | 16h22

O anúncio foi feito durante discurso a militantes do principal partido pró-Kremlin no Parlamento russo. Putin afirmou que a reabertura da base nas Ilhas da Nova Sibéria, fechada depois da extinção da União Soviética, é essencial para proteger as rotas de navegação do Oceano Ártico.

Ao longo dos últimos anos, Rússia, Estados Unidos, Canadá, Dinamarca e Noruega têm tentado assegurar jurisdição sobre partes do Círculo Polar Ártico. Acredita-se que a região abrigue em seu subsolo um quarto de todas as reservas de gás e petróleo ainda não descobertas no planeta. Fonte: Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
RússiaÁrticoPutin

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.