Rússia proíbe importação de carne temendo gripe suína

A Rússia anunciou hoje a proibição das importações de carne do México, de vários estados dos Estados Unidos e de nove países latino-americanos. O governo alegou temor de disseminação da gripe suína no país.

AE-DOW JONES, Agencia Estado

26 de abril de 2009 | 12h25

A proibição imediata foi imposta depois de o primeiro-ministro Vladimir Putin ter ordenado o estabelecimento de uma comissão especial para lidar com a ameaça da gripe suína, apesar de nenhum caso ter sido reportado na Rússia até agora.

As importações de toda carne crua e produtos feitos com carne do México e dos estados americanos do Texas, Califórnia e Kansas, embarcadas após 21 de abril estão proibidas "até instruções especiais", disseram autoridades de saúde.

A proibição é válida também para as importações de carne crua de porco da Guatemala, Honduras, República Dominicana, Colômbia, Costa Rica, Cuba, Nicarágua, Panamá e El Salvador, embarcadas após 21 de abril.

As importações de carne de porco dos estados americanos do Alabama, Arizona, Arkansas, Georgia, Kansas, Louisiana, Novo Mexico, Oklahoma e Florida também estão proibidas.

Tudo o que sabemos sobre:
RússiaMéxicocarne

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.