Rússia quer renovar frota de táxi de Bagdá

Autoridades russas tentam retomar um contrato, firmado em 2001, que prevê o fornecimento de 5.000 sedãs Volga para serem usados como táxis em Bagdá, e já obtiveram garantias do Iraque de que o acordo ainda é válido, informa a agência ITAR-Tass. Segundo a agência, o contrato de ? 44 milhões foi feito como parte do programa petróleo por comida, que permitia ao Iraque exportar petróleo e usar o dinheiro para adquirir uma série de produtos, mas foi suspenso em virtude da guerra. Alexei Barantsev, diretor da fábrica GAZ na cidade de Nizhny Novgorod, que produz os automóveis, disse que o lado iraquiano reconfirmou o negócio, mas que o cronograma e outros detalhes precisam ser ajustados, segundo a ITAR-Tass. Os 5.000 Volgas deveriam ter sido entregues neste ano, mas não chegaram a embarcar.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.