Rússia quer via permanente até a Crimeia

A Rússia vai finalizar planos para a criação de uma via de ligação permanente à península da Crimeia até o fim do ano, disse hoje o Ministro de Transportes do país, Maxim Sokolov, segundo a agência de notícias russa Interfax.

Agência Estado

19 de março de 2014 | 12h09

Moscou está nos últimos estágios da anexação da região ucraniana da Crimeia após o presidente russo, Vladimir Putin, ter assinado um tratado para incorporar a região. A Crimeia, onde mais da metade da população de cerca de 2 milhões de pessoas é de etnia russa, é separada da Rússia pelo estreito de Kerch.

"Precisamos de ligações rodoviária e ferroviária até lá", comentou Putin.

Segundo Sokolov, o governo russo também considera a possibilidade de construir um túnel subterrâneo até a Crimeia.

Atualmente, a península da Crimeia depende da Ucrânia para cerca de 25% de seu gás, 70% de sua água e 90% de sua eletricidade, todos produtos importados por meio de um pequeno trecho de terra que a conecta ao território ucraniano. Fonte: Dow Jones Newswires.

Tudo o que sabemos sobre:
RússiaCrimeiavia

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.