Rússia recua parcialmente de incursão na Ucrânia

As forças russas recuaram parcialmente de uma incursão na Ucrânia, para onde dezenas de homens do exército foram enviados por Moscou durante o fim de semana com objetivo de assumir o controle de uma estação de distribuição de gás natural, disseram autoridades dos Estados Unidos e da Ucrânia hoje.

Agência Estado

16 de março de 2014 | 15h38

O serviço ucraniano da fronteira disse que alguns soldados permanecem na estação de distribuição de gás natural, nas proximidades do vilarejo de Strilkove, e que tanques continuam na fronteira.

As forças russas retiraram-se, entretanto, de posições ao sul de Strilkove, na região ucraniana de Kherson, disse o serviço da fronteira.

Autoridades norte-americanas afirmaram acreditar que as forças russas tenham agora deixado a estação Khenson de gás. As forças russas ocuparam a Crimeia duas semanas atrás. Mas a movimentação ontem para além da Crimeia, em direção à Ucrânia, deixou as autoridades de Kiev e norte-americanas em estado de alerta. Fonte: Dow Jones Newswire.

Tudo o que sabemos sobre:
RússiaUcrâniaforças militares

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.