Rússia reforma serviço de inteligência

O presidente russo, Vladimir Putin, ordenou hoje a reformulação do serviço secreto, dando mais poderes ao Serviço Federal de Segurança (FSB), uma das agências sucessoras da extinta KGB. Segundo a reformulação, a segurança de fronteiras passará a ser controlada pela FSB. Putin também eliminou a Polícia Fiscal e a Agência de Comunicações e Informação Estatal.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.