Rússia retoma negociações com a Ucrânia sobre gás

A corporação estatal russa Gazprom anunciou que retomará as negociações com a Ucrânia e a Moldávia sobre o fornecimento de gás, que a Rússia cortou há dois dias por falta de acordo sobre seus novos "preços de mercado". O porta-voz da Gazprom, Serguei Kupriyanov, disse que uma missão moldávia já está na sede da companhia e "hoje mesmo deve receber notícias sobre o abastecimento russo". Em poucas horas, devem chegar representantes ucranianos.A Ucrânia, para a qual a Rússia subiu o preço do gás de US$ 50 para US$ 230 por mil metros cúbicos, e a Moldávia, que protesta contra um aumento de US$ 80 para US$ 160, confirmaram o envio de delegações a Moscou para retomar as negociações.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.