Rússia retoma relações formais com a Otan

Em primeira reunião após suspensão de laços, Moscou critica aliança atlântica por operações militares marcadas para junho na Geórgia

AP E REUTERS, O Estadao de S.Paulo

30 de abril de 2009 | 00h00

A Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan) e a Rússia mantiveram ontem sua primeira reunião em oito meses, desde que a aliança atlântica suspendeu as relações com Moscou em represália à ofensiva russa na Geórgia. Segundo fontes da Otan, o Kremlin deu sinais de que está disposto a fazer concessões com o objetivo de melhorar os laços com a organização. No entanto, a Rússia voltou a criticar os exercícios militares que a Otan planeja realizar na Geórgia entre maio e junho. "A reunião foi aberta com o ponto de vista em comum de que chegou o momento de passarmos para outra fase", afirmou o porta-voz da Otan, James Appathurai. "Há um desejo comum de nos concentrarmos em áreas que podem ser produtivas." Appathurai acredita que um desses temas possa ser a retomada das discussões referentes ao Tratado de Controle de Armas Convencionais na Europa, suspenso em 2007 por Moscou. O porta-voz reconheceu, porém, que ainda há diferenças sobre as operações da Otan na Geórgia. Os 28 embaixadores dos países-membros da Otan afirmaram ao representante russo, Dmitri Rogozin, que as manobras não são uma provocação.Rogozin não quis comentar o que foi discutido na reunião, mas acusou a Otan de ser "politicamente cega" por se recusar a desistir dos exercícios militares. Mesmo assim, ele disse que o Kremlin está disposto a dar continuidade aos planos de realizar uma reunião entre os chanceleres dos membros da Otan e o ministro das Relações Exteriores da Rússia, Serguei Lavrov.Ainda ontem, o premiê russo, Vladimir Putin, encontrou-se com sua colega ucraniana, Yulia Timoshenko, para discutir tratados de cooperação. Durante a reunião, ambos conversaram sobre um acordo energético.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.