Rússia saúda decisão do Parlamento britânico sobre Síria

A Rússia saudou a decisão do Parlamento do Reino Unido em rejeitar uma ação militar contra o regime do presidente sírio, Bashar Assad. Segundo Yury Ushakov, o principal assessor de política externa de Vladimir Putin, o voto dos legisladores britânicos mostrou uma crescente compreensão do público sobre os perigos de um ataque.

AE, Agência Estado

30 de agosto de 2013 | 08h14

"Isso reflete a opinião da maioria dos britânicos e dos europeus", afirmou Yuri Ushakov a jornalistas. "Parece-me que as pessoas estão começando a entender como tais situações são perigosas", disse ele, acrescentando que os ataques militares à Síria sem a aprovação do Conselho de Segurança da ONU "desferem um duro golpe para todo o sistema de ordem mundial". Fonte: Dow Jones Newswires.

Tudo o que sabemos sobre:
rússiasíriareino unido

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.