Rússia se mostra indignada com fala do príncipe Charles

Funcionários da embaixada da Rússia no Reino Unido consideraram "ultrajantes" os supostos comentários do príncipe Charles comparando o presidente russo, Vladimir Putin, ao ditador nazista Adolf Hitler.

AE, Agência Estado

22 Maio 2014 | 13h57

A embaixada russa em Londres informou nesta quinta-feira que o governo de Moscou deseja um esclarecimento oficial dos comentários atribuídos à Charles durante a sua viagem oficial ao Canadá.

Os meios de comunicação britânicos disseram ontem que Charles comparou Putin à Hitler em uma conversa privada com uma voluntária do Museu da Imigração em Halifax.

Os porta-vozes do príncipe Charles não confirmaram os comentários, que geraram uma grande atenção na Grã-Bretanha.

Os funcionários russos disseram que um membro da embaixada em Londres se reunirá na quinta-feira à tarde com representantes da Secretaria de Relações Exteriores britânica para analisar o tema.

Os comentários de Charles foram criticados também por alguns políticos britânicos, segundo os quais a família real deveria evitar formular declarações políticas. Fonte: Associated Press.

Mais conteúdo sobre:
Rússia Principe Charles Putin Hitler

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.