Rússia suspende transportes e comunicação com a Georgia

O governo de Moscou afirmou que vai impor sanções nos transportes e na comunicação com a Georgia, retaliando a prisão de militares russos no país vizinho e piorando ainda mais a situação diplomática entre os dois países.Rejeitando a tentava georgiana de acalmar as tensões, que prometeu transferir os agentes para a Organização para a Segurança e Cooperação na Europa (OSCE), Moscou respondeu suspendendo o transporte e as correspondências para a Geórgia.Os ministérios dos Transportes e da Comunicação russos afirmaram que estão suspensos as ligações aéreas, terrestres, navais e postais com a Georgia. A companhia russa Aeroflot afirmou os vôos serão suspensos a partir de terça-feira.Vano Noniashvili, porta-voz do presidente georgiano Mikhail Saakashvili, afirmou que os quatro agentes russos vão ser transferidos para as forças de segurança depois de uma conferência entre o presidente de seu país e oficiais da organização européia.A embaixada russa em Tbilisi afirmou que os oficiais vão ser transferidos para Moscou nesta segunda-feira, segundo a agência de notícias Itar-Tass. Uma fonte que não quis ser identificada, por usa proximidade com autoridades dos dois países, afirmou que um vôo do Ministério de Situações Emergenciais da Rússia chegou na capital georgiana para transportar os agentes presos e mais duas pessoas acusadas de espionagem no país.Os militares russos foram presos na semana passada acusados de espionagem. O fato desencadeou em uma crise política entre os dois países. Enquanto os militares eram julgados, a Rússia acusava a Otan de envio ilegal de armas a Geórgia.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.