Rússia suspende venda de mísseis para o Irã

O governo da Rússia publicou nesta quarta-feira um decreto assinado pelo presidente Dmitry Medvedev que proíbe o fornecimento de mísseis antiaéreos S-300 ao Irã. "Dmitry Medvedev assinou o decreto para implementar a resolução dos Conselho de Segurança da Organização das Nações Unidas de 9 de junho de 2010", informou o Kremlin em comunicado em seu site.

AE, Agência Estado

22 de setembro de 2010 | 14h03

O decreto proíbe o fornecimento de sistemas de mísseis antiaéreos S-300 e de outras armas para a República Islâmica. A medida foi tomada porque a proibição da venda desses armamentos faz parte das sanções internacionais impostas ao Irã. "A decisão de não fornecer os S-300 ao Irã foi tomada porque eles indubitavelmente estão sob sanção", disse o chefe do Estado maior das forças armadas russas, Nikolai Makarov.

Mas Makarov não deu uma resposta definitiva quando perguntado se o contrato de fornecimento de mísseis seria cancelado permanentemente. "Veremos. Isso vai depender do comportamento do Irã", disse ele, segundo a agência de notícias Interfax.

O Conselho de Segurança da ONU impôs uma quarta rodada de sanções contra o Irã em junho por causa do programa nuclear iraniano. Elas incluem amplas restrições militares e financeiras à República Islâmica. Em junho, o ministro de Relações Exteriores russo, Sergei Lavrov, havia dito que as sanções não afetariam o fornecimento russo de mísseis S-300 para o Irã, afirmando que os mísseis eram "armas de defesa" que não estavam incluídas nas sanções. O acordo de venda de mísseis russos para o Irã foi feito anos atrás, mas Moscou não chegou a entregar os armamentos por causa da pressão dos Estados Unidos e de Israel, que temem que os mísseis aumentarão a capacidade de defesa iraniana. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
IrãsançõesRússiamísseisvenda

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.