Rússia: tropas recuaram da fronteira com a Ucrânia

O ministro da Defesa da Rússia, Sergei Shoigu, disse ao seu homólogo norte-americano que as tropas do país tinham voltado para os seus quartéis após a realização de exercícios militares na fronteira com a Ucrânia e pediu que Washington diminua a retórica contra Moscou.

AE, Agência Estado

28 de abril de 2014 | 19h05

"A Rússia foi forçada a fazer exercícios militares em grande escala perto da fronteira com a Ucrânia, enfrentando a perspectiva de uma ação militar ucraniana contra civis", disse Shoigu.

"Uma vez que as autoridades ucranianas declararam que não usariam as unidades militares regulares contra a população desarmada, as tropas retornaram ao quartel." Fonte: Dow Jones Newswires.

Tudo o que sabemos sobre:
RússiaUcrâniafronteira

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.