Rússia vai investigar o Titanic

Depois de ser o primeiro país a levar um turista para o espaço, a Rússia se antecipa aos EUA ao pretender revelar os segredos do naufrágio do Titanic. O navio oceanográfico Keldish sai no fim do mês rumo ao Mar do Norte, onde está o Titanic, para investigações por quatro meses.A expedição russa estará a serviço de uma empresa ocidental interessada em filmagens submarinas, e terá mergulhadores que participaram das investigações do naufrágio do submarino Kursk, em agosto.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.